Manual de exames
Nome: ALFA FETOPROTEÍNA
Material: soro
Sinônimo: AFP
Volume: 1.0 mL
Método: Quimioluminescência
Coleta: Jejum mínimo 3 horas
Interpretação: Uso: diagnóstico e monitoramento de carcinoma hepatocelular e tumores de células germinais; avaliação de risco para defeitos no tubo neural e outros defeitos no útero; distinção entre hepatite neonatal e atresia biliar neonatal. Valores aumentados: carcinoma hepatocelular (concentrações iniciais muito altas sugerem pior prognóstico, falha em diminuição de níveis após cirurgia indica metástase ou má ressecção, mudanças podem ocorrer com o resultado de quimioterapia), ataxia, teleangiectasia, tumores de células germinais, tirosinemia hereditária, persistência hereditária de AFP, metástases hepáticas de carcinoma de estômago e pâncreas, hepatite neonatal, carcinoma embrional, teratocarcinoma, coriocarcinoma, outras doenças hepáticas (em menores concentrações), defeitos do tubo neural em gestações. Valores normais: atresia biliar neonatal. Valores diminuídos: gravidez com trissomia de 21.
Referência: Pediátrico (ng/mL) 0 a 1 semana : 5.000,0 a 105.000,0 2 sem. a 1 mês : 300,0 a 60.000,0 1 mês : 100,0 a 10.000,0 2 meses : 40,0 a 1.000,0 3 meses : 11,0 a 300,0 4 meses : 5,0 a 200,0 5 meses : 0,0 a 90,0 > 6 meses : 0,0 a 15,0 Gestantes (ng/mL)valor médio Até 15a sem.: 32,4 Até 16a sem. : 36,3 Até 17a sem.: 42,3 Até 18a sem. : 48,5 Até 19a sem.: 56,1 Até 20a sem. : 64,8 Mulheres : 0,0 a 15,0 Homens : 0,60 a 6,65