Manual de exames
Nome: CITOMEGALOVIRUS AVIDEZ - Anticorpos IgG
Material: soro
Sinônimo: Avidez para Citomegalovirus
Volume: 1.0 mL
Método: Quimioluminescência
Coleta: Caso o exame não for realizado no mesmo dia, congelar a amostra. Lipemia atua como interferente. Jejum obrigatório.
Interpretação: Uso : diagnóstico de infecção por Citomegalovirus A infecção pelo citomegalovírus pode ocorrer nas 3 seguintes situações: Primo-infecção ( fase aguda), re-infecção e reativação, a interpretação do teste de avidez só deve ser aplicada nos casos de primo-infecção, pois nas outras 2 situações, a concentração de anticorpos apresentando diferentes afinidades, não permite a correta interpretação da porcentagem de avidez obtida. Em pacientes imunossuprimidos o teste ideal é a pesquisa do antígeno (PCR). Percentagens de avidez inferiores a 30% sugerem que a infecção tenha ocorrido há menos de 3 meses. Por essa razão, a interpretação do teste tem um maior valor quando realizado durante os 3 primeiros meses de gestação. O exame só tem validade quando realizado em soros que apresentarem reações positivas para os anticorpos IgG e IgM. Sua função é estimar a época aproximada em que ocorreu a infecção.
Referência: < 20% : Baixa Avidez - Fase aguda Entre 20 e 30% : Avidez Moderada > 30% : Alta Avidez - Fase cronica (Avidez de anticorpos IgG anti Citomegalovirus)