Manual de exames
Nome: COMPLEMENTO C1Q
Material: soro
Sinônimo: C1
Volume: 1.0 mL
Método: Nefelometria
Coleta: Jejum 4 horas. Após a separação do soro , congelar imediatamente.
Interpretação: Uso: detecção de deficiência ou consumo de C1q; avaliação da via clássica do complemento. Valores baixos: consumo intravascular, doenças autoimunes (lupus eritematoso sistêmico em atividade, vasculites urticariformes, crioglobulinemias, etc.), processos infecciosos, hipogamaglobulinemia associada ao X, imunodeficiência severa combinada. Embora rara, é possível a ocorrência de deficiência genética do C1q. Anticorpos anti-C1q são encontrados na maioria dos pacientes com síndrome de vasculites urticariforme hipocomplementêmica, e como consequência os níveis de C1q estão extremamente baixos . Esses anticorpos também são encontrados em pacientes com vasculite reumatóide, e em 30-60% dos pacientes com LES, com baixa de C1q, e os demais componentes e o CH50 podem estar somente ligeiramente diminuídos.
Referência: 10,0 a 34,0 mg/dL