Manual de exames
Nome: COMPONENTE C5 COMPLEMENTO
Material: soro
Sinônimo:
Volume: 2,0 mL
Método: Nefelometria
Coleta: Jejum de 4 horas. Coletar sangue total sem anticoagulante. Esperar retrair o coágulo, centrifugar e enviar o soro congelado
Interpretação: C5 é uma (1-globulina com estrutura similar a C3 e C4). A ativação do complemento por qualquer via promove a clivagem de C5, produzindo C5a que é um potente anafilactóide e fator quimiotáxico, e C5b que possui características hidrófobas, ligando-se às superfícies lipídicas iniciando o complexo de ataque à membrana. A função de C5 pode ser medida usando-se hemácias de carneiro sensibilizadas. A deficiência congênita está associada a infecções de repetição (freqüentemente por Neisseria meningitidis) e sintomas de LES. A deficiência por consumo de complemento é devida a infecções bacterianas, trauma, queimaduras, doenças hepáticas, uremia ou terapia esteróide com altas doses
Referência: Valor de Referência: 7 a 18 mg/dl