Manual de exames
Nome: CALCITONINA
Material: soro
Sinônimo: CT, Tirocalcitonina
Volume: 2.0 mL
Método: Quimioluminescência
Coleta: Jejum obrigatório. Lipemia e hemólise atuam como interferentes. Centrifugar imediatamente após a coleta e congelar.
Interpretação: Uso: diagnóstico e monitoramento de carcinoma medular de tireóide A calcitonina é um polipeptídio de 32 aminoácidos produzido pelas células C ou parafoliculares da tireóide. A secreção de calcitonina é estimulada fisiologicamente pelo cálcio. Seus efeitos são a redução da reabsorção óssea osteoclástica. Sua determinação é indicada para o diagnóstico e acompanhamento de pacientes com carcinoma medular da tireóide, patologia cuja maioria dos casos produz níveis muito elevados de calcitonina. Assim, pacientes com nódulo em tireóide e com antecedentes familiares são indicados para dosagens de calcitonina, de modo a instituir tratamento precoce. Testes basais normais com forte suspeita clínica ou de pacientes com familiares afetados pela doença devem ser testados com estímulo de cálcio e/ou pentagastrina.
Referência: Homem : Até 18,2 pg/mL Mulher : Até 11,5 pg/mL Limite Mínimo de Detecção do método: 2,0 pg/mL