Manual de exames
Nome: GLICOSE-6-FOSFATO DESIDROGENASE (G6PD)
Material: papel filtro - sangue
Sinônimo: G6PD
Volume: 4,0 mL
Método: Fluorimétrico
Coleta: Para material papel filtro >>>>> A concentração de G6PD é estável por um período de até 7 dias quando mantida em temperatura de 2 a 8º.C. Por isso, orientamos que o papel filtro seja mantido, para a secagem, em temperatura ambiente (aproximadamente 23 – 25.C) por um período máximo de 4 horas e refrigerado na seqüência. Para tubo de sangue total com EDTA>>>>>> O tubo de sangue total deve ser refrigerado (NÃO CONGELADO) imediatamente após a coleta.
Interpretação: Uso: investigação da icterícia neonatal (não causada por incompatibilidade ABO/Rh); investigação em indivíduos com anemia hemolítica intermitente. A G6PD é uma enzima que está envolvida na transformação da glicose fosfato em pentose fosfato (com produção de NADPH, que atua na manutenção das enzimas que exercem papel antioxidante nas hemáceas). O quadro clínico da deficiência da G6PD compreende anemia hemolítica (sobretudo após a administração de medicamentos oxidantes ou no período neonatal), infecções e consumo de certos alimentos (favas). A deficiência da G6PD é uma alteração enzimática com padrão de herança recessivo ligado ao cromossomo X (sendo mais freqüente nos indivíduos do sexo masculino).
Referência: Superior a 2,2 U/g Hb