Manual de exames
Nome: HORMÔNIO LUTEINIZANTE - LH - Curva
Material: soro
Sinônimo: LH, Gonadotrofina hipofisária
Volume: 2,0 mL
Método: Quimioluminescência
Coleta: Jejum não obrigatório.
Interpretação: Uso: investigação de infertilidade (distinção entre hipogonadismo primário ou secundário a deficiência hipotalâmica/pituitária); identificação de ovulação em distúrbios menstruais. O hormônio luteinizante (LH) é uma glicoproteína produzida pela glândula pituitária anterior. Sua produção é regulada pelo GnRH (hormônio hipotalâmico liberador de gonadotropina). Nas mulheres, o LH estimula a produção de esteróides ovarianos e a ovulação. Nos homens, controla a secreção de testosterona a partir das células de Leidig. Nas mulheres as concentrações de LH são baixas durante a fase folicular do ciclo menstrual, aumentando até um pico no meio do ciclo para causar a ovulação, caindo a níveis baixos durante a fase folicular. Após a menopausa, os níveis de LH sobem para valores altos, a exemplo de homens castrados. Valores aumentados: hipogonadismo primário, menopausa, fase lútea do ciclo menstrual, tumores produtores de GnRH, doença do ovário policístico. Valores diminuídos: hipogonadismo secundário (insuficiência hipotalâmica, se responder a estímulo com GnRH; insuficiência pituitária, se não houver resposta).
Referência: Mulheres Fase folicular : 1,9 a 12,5 mUI/mL Meio do ciclo : 8,7 a 76,3 mUI/mL Fase lutea : 0,5 a 16,9 mUI/mL Pos-menopausa : 15,9 a 54,0 mUI/mL Contraceptivos : 0,7 a 5,6 mUI/mL Homens 17 a 70 anos : 1,5 a 9,3 mUI/mL Crianças 1 a 7 anos: Masculino <0.10 mUI/mL Feminino <0.45 mUI/mL 8 a 9 anos: Masculino <0.44 mUI/mL Feminino <3.36 mUI/mL 10 a 11 anos: Masculino <2.28 mUI/mL Feminino <5.65 mUI/mL 12 a 14 anos: Masculino 0.31 a 5,29 mUI/mL Feminino <11.00 mUI/mL 15 a 17 anos: Masculino 0,15 a 5,33 mUI/mL Feminino <15.80 mUI/mL