Manual de exames
Nome: LISOZIMA
Material: soro
Sinônimo:
Volume: 2.0 mL
Método: Imunodifusão radial
Coleta: Jejum de 4 horas. Se o exame não for realizado no mesmo dia, congelar a amostra.
Interpretação: Uso: determinação de risco para o desenvolvimento de diabetes mellitus insulino dependente (tipo I), bem como sua predição e acompanhamento. A descarboxilase do ácido glutâmico é uma enzima primariamente produzida pelas células das ilhotas pancreáticas. Pode ser encontrada sob duas formas: a GAD65 e a GAD67, sendo a forma de 65kD a predominante, embora ambas possam produzir resposta imune. A diabetes mellitus insulino dependente (DMID) é caracterizada inicialmente por infiltração linfocitária das ilhotas pancreáticas, com a presença de anticorpos circulantes dirigidos contra uma variedade de antígenos de ilhotas (ICA - islet cells autoantibodies), dentre eles GAD, insulina, ICA512, HSP56, GM2 e outros. A DMID ocorre geralmente após a destruição de 80-90% das ilhotas pancreáticas, especialmente células beta. Considerando que este processo é demorado e pode levar anos, a presença de altas concentrações de anti-GAD65 e outros ICA pode ser útil na determinação do risco diabético e tomada de decisões futuras. Especula-se que entre 65% e 75% dos pacientes apresentam positividade para anticorpos anti-GAD à época do diagnóstico. Níveis elevados destes anticorpos podem ser encontrados na síndrome "Stiffman", e eventualmente em outras doenças autoimunes endócrinas.
Referência: 1,0 a 1,7 mg/dL