Manual de exames
Nome: RELAÇÃO PROTEÍNA/CREATININA URINÁRIA
Material: urina - amostra isolada
Sinônimo:
Volume: 20.0 mL
Método: Colorimetrico
Coleta: Coletar amostra isolada de urina. Preferencialmente a primeira amostra da manhã.
Interpretação: Uso: avaliação da perda protéica urinária; indicador de doença renal. Habitualmente indivíduos normais não apresentam proteinúria. Pequenas quantidades de proteína na urina (<0,05 a 0,10) podem ser encontradas, devido a interferentes: acetaminofen, aminofilina, aminopirina, aspirina, anfotericina B, ampicilina, bacitracina, bromato, captopril, carbamazepina, cefaloridina, cefalotina, corticosteróides, ciclosporina, gentamicina, ferro, kanamicina, metilcilina, oxacilina, fenitoína, rifampicina, tobramicina, tetraciclina, vancomicina, vitamina D, vitamina K.
Referência: Proteinúria: 1,0 a 15,0 mg/dL Relação Proteína/Creatinina: Normal < 0,2 Creatinina Urinária: 63,0 a 250,0 mg/dL