Manual de exames
Nome: GLOBULINA LIGADORA DE TIROXINA
Material: soro
Sinônimo: TBG, Globulina transportadora de T4
Volume: 2,0 mL
Método: Quimioluminescência
Coleta: Coletar em tubo sem anticoagulante, separar o soro, congelar.
Interpretação: Uso: avaliação dos casos onde os níveis de algum hormônio tireoidiano não se correlacionam com a condição clínica e metabólica do paciente. A globulina ligadora de tiroxina (TBG) é uma glicoproteína produzida no fígado, que liga com alta afinidade T4 e T3. Devido ao fato de que esta proteína é a principal ligadora de hormônios tireóideos, aumentos ou diminuições em sua concentração podem alterar os resultados de T3 e T4 totais no plasma (causando potencial confusão sem a existência de disfunção tireóidea). Valores aumentados: gravidez, infância, excesso familiar, hepatites, tratamento com estrogênios, uso de alguns medicamentos. Valores diminuídos: tratamento com esteróides androgênicos, uso de glicocorticóides, síndrome nefrótica, acromegalia, deficiência familiar.
Referência: 15,3 a 35,9 ug/mL Valores extraídos p/ software REFVAL obtidos com população (80 amostras de soro) de homens adultos e mulheres não gestantes e saudáveis.