Manual de exames
Nome: TESTE DE ESTÍMULO DO GH COM INSULINA
Material: soro
Sinônimo:
Volume: 1.0 mL
Método: Quimioluminescência
Coleta: Após jejum de oito horas, punção venosa com cateter e repouso de 20 minutos. Coletar a amostra basal. Administrar insulina regular via endovenosa 0,10 UI/Kg de peso corporal. Coletar amostras de soro e plasma fluoretado nos tempos 15, 30, 45, 60, 90 e 120 minutos. Dosar GH e glicose em todas as amostras. Obs: Manter soro glicosado a 50% para infusão venosa lenta, caso a dosagem de glicose for inferior a 25 mg/dL
Interpretação: Uso: Suspeita de deficiência de GH. Avaliação da baixa estatura. O teste é considerado normal, quando o GH for maior que 10 ng/mL em qualquer tempo da curva. São considerados pacientes com deficiência de GH, aqueles que apresentarem no mínimo dois testes de estímulos diferentes, com picos inferiores a 10 ng/mL A prova somente será considerada válida se os níveis de glicose após insulina reduzirem a pelo menos 50% do valor basal ou se a glicose for <40,0 mg/dL
Referência: No tempo 90 observa-se resposta de no minimo 9 ng/mL em relação a basal Obs: valores elevados de GH nos tempos iniciais podem ocorrer devido ao estresse do paciente. Valor Basal: 0,06 a 7,0 ng/mL