Manual de exames
Nome: VASOPRESSINA - (Hormônio Antidiurético - ADH)
Material: plasma com EDTA
Sinônimo: Hormonio anti-diurético, ADH
Volume: 4.0 mL
Método: Radioimunoensaio
Coleta: Coletar em tubo com EDTA, separar o plasma e congelar rapidamente.
Interpretação: Uso: diagnóstico diferencial de diabetes insipidus. A vasopressina, também conhecida como hormônio antidiurético (ADH), possui duas funções fisiológicas importantes. Ela possui efeitos vasopressores (mediados pela contração dos músculos lisos arteriais) e antidiuréticos (mediados pela promoção da reabsorção renal de água pelos ductos coletores corticais). Valores aumentados: porfiria intermitente aguda, síndrome de Guillain Barré, tumor cerebral (primário ou metastático), pneumonia, tuberculose pulmonar, meningite tuberculosa, diabetes insipidus nefrogênica. Valores diminuídos: polidipsia psicogênica, síndrome nefrótica, diabetes insipidus central. Interferentes: fenotiazinas +, alopurinol +, barbituratos +, carbolitium -, fenitoína -.
Referência: Hormonio antidiuretico - ADH Até 6,7 pg/mL Osmolaridade Neonatal : > 266,0 mOsm/Kg 1 mês a 60 anos : 275,0 a 295,0 mOsm/Kg > 60 anos : 280,0 a 301,0 mOsm/Kg